O que passou na cabeça de Vinícius Júnior ao fazer sua estreia profissional?

59178844b9c19O que será que passou na cabeça de Vinícius Júnior, no momento em que ele foi chamado pelo técnico Zé Ricardo para fazer a estreia profissional com a camisa do Flamengo? Aos 16 anos, teve o nome ovacionado por mais de 50 mil pessoas no Maracanã e, em poucos minutos, realizou um daqueles sonhos que muitos jovens atletas desejam. Um momento especial, mas que requer cuidados.

Vinícius Júnior é apenas um exemplo. Tudo acontece de uma forma muito rápida, e é preciso estar preparado. É uma nova realidade. A saída da categoria de base até a estreia profissional não é simples. Muitas vezes a adaptação demora, leva algum tempo e é necessário ter um respaldo grande de pessoas capacitadas para facilitar o processo.

Lembro de quando deixei a base para o profissional, também no Flamengo. Naquele período, em 1994, a fase da equipe estava longe da que o clube vive atualmente, eram momentos mais difíceis. A torcida queria a minha presença, inclusive, pela primeira vez na história, vaiou o ídolo Júnior, então técnico. O coro de “burro” ecoou das arquibancadas do Maracanã, e lembro que a semana antes da minha estreia foi diferente. Júnior conversou comigo e deixou claro que eu iria ser titular. Ele aguentou muita cobrança da diretoria e também de pessoas que gostariam da minha presença em campo. Era preciso ter calma e paciência.

As duas últimas semanas, de acordo com o noticiário, foram intensas para Vinícius Júnior. Uma possível negociação com o Real Madrid, com valores astronômicos, a subida para o time profissional e, em menos de sete dias, a estreia.

Ao meu ver, a entrada de Vinícius Júnior diante do Atlético-MG pareceu precipitada – era preciso mais tempo de ambientação, por exemplo. Porém, imagino que a comissão técnica e o departamento da base do Flamengo saibam aquilo que estão realizando. O nervosismo do garoto era natural, ainda mais diante de toda expectativa criada. A questão não passa exatamente pela idade, seja 16 ou 17 anos, mas o fator mental é o que chamo a atenção.

Vinícius Júnior tem um potencial imenso e deixou claro em diversas oportunidades ao longo dos anos da base rubro-negra. Mas esse momento que ele vive é especial, é preciso muito cuidado, carinho e atenção. Todo jovem atleta necessita disso, pois alguns passos errados neste momento podem atrasar a evolução e, muitas vezes, colocar tudo a perder.

Certamente, quando foi chamado por Zé Ricardo, Vinícius Júnior viveu, nos minutos que seguiram, um verdadeiro sonho. Fazer sua estreia profissional em um Maracanã lotado é uma sensação inexplicável, e poucos tiveram esse privilégio. Que as pessoas, principalmente familiares e amigos verdadeiros, saibam auxiliar neste período, para que ele possa brilhar no Maracanã, no Bernabéu ou em qualquer estádio do mundo. Contudo, vivenciando cada etapa de cada vez.

Um abraço,

Savio Bortolini Pimentel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *